Com meta de imunizar cerca de 100 mil pessoas na cidade, índice de imunização de crianças foi de apenas 11% na 1ª etapa. Nova fase oferece doses a um grupo maior de pessoas.

Foi aberta nesta segunda-feira (22) a segunda etapa de vacinação contra a gripe em todo o Brasil, com a oferta para oito grupos de pessoas. Em Bauru (SP), a campanha tem o desafio de derrubar a baixa adesão registrada na primeira fase.

Segundo a enfermeira-chefe da Seção Técnica de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Natália de Fátima Paes Leme, o percentual de gestantes e crianças vacinadas está muito abaixo do esperado.

A meta em Bauru é imunizar 90% do público-alvo, o equivalente a cerca de 100 mil pessoas. Gestantes e crianças de seis meses a seis anos, que foram o foco da primeira fase da campanha, ainda poderão tomar a vacina agora na segunda etapa. (Confira abaixo a lista de quem pode tomar a vacina na 2ª fase)

No primeiro dia da 2ª fase de campanha, foram registradas filas durante a manhã no posto de saúde central. Mesmo assim, segundo a prefeitura, o atendimento foi rápido e a espera não superou 10 minutos.

O grupo de idosos (pessoas com mais de 60 anos), que integrava a primeira fase da campanha, segue na lista da nova etapa.

A vacina da atual campanha previne contra três tipos de gripe: a H1N1, a H3N2 e também a gripe Tipo B.

Em 2108 foram registradas 14 mortes em Bauru por gripe. Neste ano não foi confirmada nenhuma morte, mas a Secretaria Municipal de Saúde investiga dois casos suspeitos de gripe.

 

Confira o público-alvo da 2ª fase da campanha

 

 

  • trabalhadores da saúde
  • povos indígenas
  • puérperas (mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias)
  • idosos (acima de 60 anos)
  • professores
  • detentos
  • funcionários do sistema prisional
  • portadores de doenças crônicas, como diabetes

Fonte: G1 Bauru Marilia